banner

Motor de passo com módulo PWM



Hoje quero falar com vocês sobre um módulo, o XY LPWM3, que possui 3 canais PWM que podem ser controlados através de um pequeno teclado na própria placa, o via serial RS232-5V.

Achei muito interessante pela facilidade em utilizá-lo como um instrumento de bancada para testes rápidos (e até mais complexos) em motores de passo, servos ou qualquer outra aplicação onde um sinal PWM precise ser aplicado.




RECURSOS USADOS

·         Módulo XY LPWM3
·         Conversor USB / RS232-5V
·         Driver TB6600
·         Motor de passo NEMA 17
·         Fonte 5V (módulo PWM e Lógica TB6600) e 12V (Motor)
·         Osciloscópio
·         Fios





MÓDULO COM 3 CANAIS PWM

O módulo PWM de três canais XY LPWM3 possui as seguintes características:
·         Tensão de operação 3V3  à 30V.
·         faixa de frequência: 1Hz  à 150 KHz +/- 2%.
·         tensão e saída igual a entrada e corrente de 5mA à 30mA.





CIRCUITO





COMANDO VIA SERIAL

É possível comandar o módulo via um adaptador USB/RS232 conectado ao computador.
Basta conectar os terminais RX, TX e GND do módulo ao adaptador USB/RS232 e, usando uma conexão a 9600bps, 8 bits de dados, 1stop bit, sem checagem e sem controle de fluxo, enviar comandos para controlar o ciclo de trabalho de cada canal, ou a frequência do PWM gerado.
Note que a frequência é única para todos, enquanto o duty cicle pode ser configurado independentemente para cada canal.
Outro detalhe importante é não acrescentar o “carriage return” e o “line feed” no fim da mensagem.


Para ajustar o duty cicle de cada canal, o camando a ser enviado deve ser:
                D[número do canal]:[percentual com três digitos]
·         D1:050 ajusta o ciclo do canal 1 para 50%

Para a frequência basta escrever F[valor da frequência]
·         De 1Hz à 999Hz – F001 à F999
·         De 1kHz à 9.99kHz – F1.00 à F9.99
·         De 10kHz à 99.9kHz – F10.0 à F99.9
·         De 100kHz à 150kHz – F1.0.0 à F1.5.0

O comando “read” lerá os valores atuais do módulo.

Note que os comandos são case-sensitive. Uma resposta DOWN indica que o comando foi aceito e FAIL uma falha.





CAPTURAS DOS SINAIS GERADOS

Aqui temos o canal 1 ajustado para um ciclo de 50% e o canal 2 ajustado para 20%.
Note que ambos possuem um frequência de 500Hz.
Aplicamos o canal 2 à entrada de pulso do driver TB6600 para controlar um motor NEMA17. Usando a fonte, com indicação de corrente e tensão, foi possível rapidamente obter indicações do seu comportamento alterando a frequência e o ciclo de trabalho do sinal.








Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.